Press Releases

LFM na boca do Mundo

PORTUGUESES GASTARAM 3M€ EM FOTOGRAFIA EM 2015

VENDAS NOS CANAIS COMERCIAIS SÃO AINDA SUPERIORES AO ONLINE

Os consumidores portugueses gastaram cerca de 3 milhões de euros em fotografia no ano de 2015, menos 700 mil euros do que no ano anterior, revela um estudo feito junto de 18.747 consumidores em Portugal, realizado pela Dreambooks, que opera na indústria fotográfica.

O estudo salienta ainda que os canais comerciais continuam a ser os mais apreciados na hora de adquirir produtos fotográficos (60%), ao contrário dos canais online que apenas são a primeira opção para 34% dos consumidores.

Apesar do decréscimo no consumo, a verdade é que a fotografia assume um papel muito importante na vida dos portugueses, pois quando inquiridos sobre o que recuperariam se a sua casa estivesse a arder, as fotografias ocupam o terceiro lugar (58,9%), só atrás do dinheiro (62,7%) e do computador (65,1%), mas à frente dos animais de estimação, das joias ou da roupa, entre outros.

Os portugueses continuam a privilegiar a qualidade na hora de comprar produtos fotográficos (63,5%), com apenas 22,3% a dar mais importância ao preço.

Já em relação ao suporte para a criação do seu próprio produto fotográfico, os consumidores dão preferência ao portátil (62,2%), seguindo-se o tablet (16,5%), o desktop (15,4%), e por último o smartphone (5,3%).

Na hora de criar álbuns fotográficos, o tema “bebés” continua a ocupar o terceiro lugar do ranking (24,4%), liderado pelo tema “família” (55,8%) e seguido das “viagens” (49,3%).

“Estes estudos são decisivos para o nosso posicionamento no mercado, pois só assim conseguimos dar resposta às necessidades dos consumidores”, adiantou Bruno Pinto, diretor a Dreambooks.